PMs acusados de participar de morte de menino Juan vão a júri popular

Juan de Moraes, de 11 anos, e Igor de Souza Afonso, de 19 anos, foram assassinados durante ação policial na Favela Danon.

Icon

Os policias militares acusados de participar da morte do menino Juan vão a júri popular, por decisão do juiz Márcio Alexandre Pacheco da Silva, da 4ª Vara Criminal de Nova Iguaçu.

Isaías Souza do Carmo, Ediberto Barros Nascimento, Ubirani Soares e Rubens da Silva são acusados da morte de Juan de Moraes, de 11 anos, e Igor de Souza Afonso, de 19 anos. Os quatro vão continuar presos como garantia da instrução processual e da ordem pública.

Juan e Igor foram assassinados durante uma ação policial na Favela Danon, em Nova Iguaçu, no dia 20 de junho de 2011.

Juliana - Enviado em 29/07/2012 13:35