Treze pessoas são detidas pela Polícia Civil

Entre eles havia um homem acusado de participação em um homicídio.

Uma denúncia anônima levou policiais civis da DCCV (Delegacia de Crimes Contra a Vida) a prender na manhã desta quarta-feira (29), treze pessoas no bairro Boa Vista, em Cachoeiro.

De acordo com o chefe de investigação João Batista de Oliveira, as denúncias informaram que um rapaz identificado como Marcos Antônio Mendonça de Almeida, de 25 anos, estaria no bairro comercializando entorpecentes e com uma arma de fogo em seu poder. Arma essa usada no crime que resultou na morte de Carlos Eduardo Belkan Scaramussa, de 20 anos, morador de Prosperidade. O assassinato aconteceu no último fim de semana durante uma festa em Coutinho.

Segundo a polícia, o autor do crime seria Geovanni Silva Olímpio, conhecido como “Ciclone”, envolvido com o tráfico de drogas em Coutinho. Marcos e Geovanni são amigos e os dois estariam juntos na festa. Em depoimento, o denunciado confessou que o amigo cometeu o homicídio. Após o crime, Geovanni se mudou do distrito.

O motivo do assassinato seria que a vítima havia levado uma moto para a boca de fumo do acusado, mas o verdadeiro dono foi no local pegar o veículo.

Marcos foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma e poderá responder pelo crime de homicídio. O delegado da DCCV Guilherme Eugenio arbitrou uma fiança de cem salários mínimos, mas até o final da tarde ele continuava preso.

Qualquer denúncia que ajude a PC a localizar Geovanni pode ser passada pelo telefone 181. Os outros detidos foram ouvidos e liberados.

Icon

Icon

creuza - Enviado em 31/08/2012 20:24

Perin - Enviado em 31/08/2012 14:32

carla - Enviado em 30/08/2012 17:51