Placa legal: aplicativo permite consultar placas de veículos

A consulta também poderá ser realizada pelo site da Sesp. A iniciativa do Governo do Espírito Santo viabiliza a consulta dos dados para que a população possa colaborar com as ações de segurança e acionar as forças policiais sempre que houver necessidade.

Icon

Um aplicativo com sistema operacional Android, disponível em equipamentos móveis, irá auxiliar o trabalho das polícias na recuperação de veículos furtados ou roubados. O grande diferencial nesta ação é que a ferramenta tecnológica estará disponível para qualquer cidadão que tiver um aparelho com aplicativo que possibilita a consulta de placas de veículos. O serviço, chamado de Placa Legal, foi lançado nesta segunda-feira (06) pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp).

A consulta também poderá ser realizada pelo site da Sesp. A iniciativa do Governo do Espírito Santo viabiliza a consulta dos dados para que a população possa colaborar com as ações de segurança e acionar as forças policiais sempre que houver necessidade.

“Com o Placa Legal, teremos ainda mais a participação do cidadão nas ações de segurança. O aplicativo irá permitir ao usuário verificar placas de veículos suspeitos e acionar a polícia em casos que haja restrição de furto e roubo ou, até mesmo, quando existirem dados incompatíveis onde há suspeita de placas clonadas, por exemplo”, explica o secretário de segurança pública, André Garcia.

Como usar

O aplicativo Placa Legal, para Android, na versão beta poderá ser baixado do Google Play, que é o repositório de aplicativos do Google. Para os demais dispositivos, também é possível fazer a consulta de placas no site da Sesp (http://www.sesp.es.gov.br), utilizando o navegador de internet. Basta clicar no banner “Placa Legal” e digitar a placa do veículo a ser consultado.

A consulta ao bando de dados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran|ES) acontece instantaneamente. O acesso permite ao usuário saber se existe restrição de furto ou roubo do veículo.

A possibilidade de clonagem de placa também pode ser observada. Ao digitar a sequência de letras e números, com ou sem registro de furto ou roubo, aparecem também informações como marca/modelo/cor. Caso as características apontadas pelo sistema não confiram com o veículo cuja placa foi consultada, pode ser clonagem e o cidadão também por acionar a polícia pelo Ciodes 190.

Tecnologia

O aplicativo Placa Legal é gratuito e foi cedido à Sesp, pela Geocontrol, que idealizou e desenvolveu o serviço. A empresa Geocontrol é capixaba e especializada no desenvolvimento de hardwares e softwares para melhoria da segurança pública e mobilidade urbana. Também é da mesma empresa o Conecta, computador de bordo que funciona nas viaturas da Polícia Militar do Espírito Santo.

O sistema Conecta garante que os policiais façam de forma imediata a verificação de fichas criminais de pessoas suspeitas e consultas de placas de veículos. O serviço tem otimizado o trabalho da polícia que antes precisava acionar, via rádio, o Centro Integrado Operacional de Defesa Social (Ciodes) para obter informações.

joelson pedro moreira - Enviado em 07/05/2013 20:03